A Micropigmentação é uma técnica de pigmentação temporária da pele, que pode ser aplicada em diferentes partes do corpo, como Sobrancelhas, Boca, Olhos, Estrias, Cicatrizes, Aréolas, Couro Cabeludo, etc. A duração média do resultado da Micropigmentação é de 1 ano.

Esta é inclusive a principal diferença desta técnica para a Tatuagem (além dos pigmentos, que são específicos para cada modalidade). A Tatuagem é considerada permanente (ou ao menos semipermanente). A duração média é de 20 a 30 anos.

Outra diferença fundamental entre as técnicas é o nível de profundidade atingido pelo pigmento depositado.

Na Micropigmentação o pigmento atinge a Epiderme que é a camada mais superficial da pele e no máximo pode atingir a segunda camada, a Derme. Já a Tatuagem chega até a terceira e última camada chamada Hipoderme.

As camadas mais superficiais da pele sofrem constantes descamações e renovações celulares, por isto o pigmento acaba desbotando com a ação do tempo.

E o que aparentemente poderia ser um ponto negativo da Micropigmentação (a duração), na verdade pode ser até positivo, já que você pode acompanhar as tendências do momento em termos de cores, formatos, intensidades, etc, sem a preocupação de perenidade da técnica.

 

Micropigmentação com Dermógrafo ou com Tebori (Microblading)

 

Na Micropigmentação são feitas microincisões na pele, onde o pigmento é depositado. E estas incisões são feitas com a utilização de Dermógrafos elétricos ou com o Tebori que é um indutor manual.

O Dermógrafo é mais utilizado para efeitos de contorno e sombras (profundidade), sendo ideal para procedimentos como a Micropigmentação de Aréolas, por exemplo.

Já o Tebori (palavra de origem japonesa que significa “Tatuagem a Mão”), é uma espécie de caneta com microlâminas (um mini bisturi), ideal para a Micropigmentação de Sobrancelhas com efeito natural, também chamada de Microblading.

O Tebori por ser manual, está diretamente relacionado à destreza do Profissional em desenhar fios finos e de aparência absolutamente natural, que vão se fundir aos fios originais para corrigir falhas ou mesmo alterar o contorno.

Associa-se ainda a técnica 3D, onde são desenhados também alguns fios cruzados (não apenas os lado a lado), visando dar a sensação de volume e maior densidade de fios.

Micropigmentação: indicações e contraindicações.

 

A Micropigmentação pode ser aplicada em qualquer tom de pele ou faixa etária. As recomendações de restrição são para os seguintes casos: diabéticos, peles com tendência a quelóides, gestantes, pessoas ainda em tratamento quimioterápico ou radioterápico.

Na Clinica Amanda Lorenzzo, cada caso é especificamente analisado, levando-se em consideração o contorno atual e desejado, a cor e espessura dos fios, o tom de pele do cliente e até o alinhamento de expectativas, para que o resultado final seja plenamente satisfatório.

Nosso diferencial consiste na alta especialização de Clínica e de seus profissionais. Nos dedicamos exclusivamente a estes procedimentos, estamos antenados com todos as novidades e tendências nacionais e internacionais da Micropigmentação e inclusive formamos novos profissionais através de cursos técnicos.